sábado, julho 31, 2010

As cuecas e os pinos.

Quando Seu Chico era um cara jovem, sofreu um acidente que lhe rendeu alguns pinos de metal nas pernas. Por causa desse acidente, ele foi aposentado, e passou a viver da aposentadoria que a Marinha lhe deposita todo mês.
Todo mês, Seu Chico vai até a Caixa Econômica do Zimbábue sacar sua pensão. A porta giratória sempre trava por causa dos pinos.
Como é um cliente antigo, o segurança sempre libera o acesso dele. Liberava...
Um dia desses mudou o segurança, e o novato não sabia dos pinos de Seu Chico. Não sabia, e também não acreditou quando ele contou.
Ele olhava, e via aquele cara novo, preso na porta giratória, e se lembrava do curso de formação de vigilantes, que mandava desconfiar de tudo e de todos. Na dúvida, trave a porta!
Seu Chico, que é mais grosso que papel de enrolar prego, no auge da raiva, tirou toda a roupa e ficou só de cuecas, mostrando a cicatriz dos pinos.
O gerente teve dificuldades pra fazer Seu Chico vestir a roupa...muita dificuldade...muita mesmo!
Sabe como é, depois de alguns gritinhos de lindo, tesão, bonito e gostosão! a galera se empolga....

2 comentários:

T F disse...

rsrsrs Essa caixa Econômica do Zimbábue acontece de tudo em? Mas essas portas são chatas mesmo, necessárias eu sei, pra nossa própria segurança, Você vai acabar escrevendo um Livro só com as peripécias que acontece nessa caixa...
È sempre muito bom ler seu blog, afinal rir é o melhor remédio pra alma..
Tatiane: http://cronicastatiane.blogspot.com/

Disraelly disse...

Caraio véio, essa eu vou contar no Banco do Cazaquistão. Ah se vô!!

 
http://rpc.technorati.com/rpc/ping