sábado, julho 18, 2009

A chuva, o Nando e nós dois.

A duas semanas eu tinha em mente o show do Nando Reis. Duas semanas.
Durante essa semana ganhei dois ingressos. Tudo parecia perfeito.
A manhã de sexta feira, noite do show, começou com chuva. Muita chuva.
Chegamos no Imirá depois das 22 horas. Só uma leve garoa caindo céu.
O Imirá estava vazio. Menos de mil pessoas dentro.
Os cambistas, desesperados que estavam, vendiam ingressos a R$ 5,00. Custava R$ 40,00 no início da semana.
Quando eu achava que a noite tinha ido literalmente por água a baixo, ela me olha, dá um sorriso diz: "mas você não queria ver o show? Então vamos ver o show..."
Pra ela, não importava a chuva. Importava estar comigo.
Duas horas da manhã, eu e ela dividíamos uma sombrinha. Na verdade, eu segurava a sombrinha pra ela não se molhar. Eu já estava encharcado.
- Vem pra cá, me abraça!
- Mas eu tô encharcado, vou molhar você...
- Tem problema não....
E assim passamos a noite.
Eu me lembro de ouví-la dizer, na mesma hora em que o Nando dizia "por onde andei, enquanto você me procurava?!", que me amava... eu também te amo....foi só o que eu conseguí dizer...
E apesar da chuva, a noite foi perfeita. Não tinha como não ser....

4 comentários:

Disraelly disse...

Rapa, desse jeito pode chover até canivete...

Bony Daijiro Inoue disse...

O show foi massa....muito massa!

Raquel disse...

Nada mais perfeito hein...

Bony Daijiro Inoue disse...

Perfeitíssimo!
;)

 
http://rpc.technorati.com/rpc/ping